Lyme, a doencinha lazarenta

Semana passada a Avril Lavigne falou muito francamente durante uma entrevista no Good Morning America. Contou sobre como tem sido seu tratamento contra a doença de Lyme, geralmente causada pela picada do carrapato ixodes ricinus infectado por uma bactéria cabulosa.

Partiu meu coração. Não sou fã e nunca me simpatizei com a cantora porque não curto seu estilo musical e por outras besteiras que hoje em dia relevo bem de boa. Percebi um lado pessoal dela que jamais passou pela minha cabeça. Normal essa impressão superficial que temos de muitas pessoas famosas ou não, porém na maioria das vezes essa impressão é equivocada e maldosa a troco de nada. Paia, né? É algo que tento eliminar da minha vida cada vez mais e acho que estou conseguindo, inclusive recomendo!

Esse caso chamou minha atenção porque lembrei instantaneamente da rainha Kathleen Hanna, ativista feminista que foi vocalista da banda Bikini Kill, Le Tigre e agora da The Julie Ruin. Foi diagnosticada em 2010 com a mesma doença e no documentário fantástico chamado The Punk Singer ela mostra como essa condição é delicada a ponto de interromper sua carreira e demais sonhos. A maravilhosa atriz e cantora mexicana Thalia também sofreu desse mal e conseguiu se recuperar.

Termino esse post tristonho com nada mais nada menos que o espacate bombástico da Kathleen no Primavera Sound desse ano.

Sempre torço muito pra que ela realmente tenha se livrado da tal doença ❤️

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s